segunda-feira, 24 de julho de 2017

Lava Jato protege a gestão do réu e recalcitrante Pedro Parente, na Petrobrás

por Emanuel Cancella
Será que, de volta ao golpe em 2016 como na música de Chico Buarque, ao invés de chamar a polícia, vamos ter que chamar o ladrão?
   Resultado de imagem para lava jato vaza a jato
Um cidadão livre e de bons costumes jamais pode acusar quem quer que seja, sem provas e muito menos proteger parceiros, principalmente sabendo serem culpados. Mas quando isso acontece na Justiça torna-se ato abominável e arbitrário, como acontece na Lava Jato, que, por um lado persegue Lula sem ter prova alguma contra ele, mas por outro finge que não vê as inúmeras delações contra os tucanos Aécio Neves e FHC e os crimes cometidos por também tucano Pedro Parente, na Petrobrás.

Aliás, a Lava Jato vai virar filme e vai para as telas a partir de setembro de 2017 e a chamada do filme é “ Lava Jato - Polícia Federal: A lei é para todos”. O todos exclui o PSDB?
O governo tucano de FHC na Petrobrás já foi citado inúmeras vezes e em muitas envolvendo seu próprio filho em corrupção na empresa e até agora nada (1,2).

Tudo leva a crer que os tucanos são correligionários da Lava Jato, pois o chefe da operação, Sergio Moro, disse nos EUA que não investiga o PSDB porque as denúncias contra os tucanos não chegam até ele (6). Só contra Aécio Neves já são sete delações na Lava Jato e se Aécio foi desmascarado foi por conta de outro juízo..

E o chefe da força tarefa, da Lava Jato, Deltan Dellagnol, também disse ao jornalista Ricardo Boechat que a Lava Jato não investiga o PSDB (7).    

Além dos tucanos Aécio e FHC, o também tucano Pedro lalau Parente é réu apontado por petroleiro, em venda ilegal de ativos, desde quando ministro de FHC e membro do Conselho de Administração na Petrobrás. E agora Lalau retorna à Petrobrás indicado pelo golpista Michel Temer e continua a prevaricar, vendendo  sem licitação, para quem quer e pelo preço que ele mesmo determina, ativos valiosíssimos e estratégicos da Petrobrás, tais como:
-  O campo de Carcará do pré-sal, ao preço de um refrigerante o barril;
-  a petroquímica de Suape a preço de 5 dias de faturamento;
- Os dutos do sudeste – NTS. Triste é que agora, além de entrar na fila junto com os concorrentes para usar esse transporte de combustíveis, a Petrobrás terá que pagar para usá-lo (3,4.5).  

Lalau tirou a Petrobrás e entregou as concorrentes as áreas mais estratégicas, lucrativas e empregatícias, como as de gás, petroquímica, biocombustiveis e fertilizantes (10).

E Parente faz isso tudo com a  total omissão da Lava Jato, encarregada de fiscalizar a Petrobrás.  

Na época do golpe militar, Chico Buarque fez uma música, cujo  título é  Acorda Amor, que dizia um trecho:  “Chame, chame o ladrão, chame o ladrão”.

Será que, de volta ao golpe em 2016 como na música de Chico Buarque, ao invés de chamar a polícia, vamos ter que chamar o ladrão?
Isso porque nossas "autoridades" continuam a proteger os piores ladrões do Brasil, nem quando diretamente acionadas. 

Em novembro de 2016, enquanto petroleiro e líder sindical, denunciei ao MPF a omissão da lava Jato, em relação à gestão do Pedro Lalau Parente, na Petrobrás. E, ao invés de investigarem essa entrega criminosa de patrimônio público, ainda me intimaram, em dezembro do mesmo ano, acusando-me de ofender a honra de Moro, e até o hoje o MPF não respondeu à denúncia(8.9).  E os gringos se lambuzam com as nossas riquezas!

                                                                       4 - http://www.vermelho.org.br/noticia/285181-1
10 - http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2016-09/petrobras-deixara-setores-de-biocombustiveis-petroquimica-e-fertilizantes

Rio de Janeiro, 24 de julho de 2017. 

   Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese,  sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

  OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

      (Esse relato  pode ser reproduzido livremente)

     Meus endereços eletrônicos: 






domingo, 23 de julho de 2017

Lava Jato, além de contribuir para a destruição da Petrobrás, fez campanha contra Dilma e agora ataca Lula, de olho em 2018.

por Emanuel Cancella
Resultado de imagem para lula e dilma sabiam da corrupção na Petrobrás?
O argumento máximo que ouço dos golpistas, da alta cúpula e da base, é de que a Lava Jato é importante porque prende pessoas poderosas. Quer dizer que prender pessoas poderosas sem provas, por convicção ou pelo domínio dos fatos, é justiça?

Assim como a Lava Jato tem apoio da mídia, do MPF e do STF, Hitler também tinha apoio da ampla maioria dos alemães e de grande parte do mundo, tanto que a burguesia francesa fez festa quando os alemães invadiram a França (1). Qualquer semelhança entre os tribunais nazistas e a Lava Jato não é mera semelhança, haja vista que, nos tribunais nazistas, para ser condenado, bastava ser judeu, cigano ou negro. Na Lava Jato, todo petista é suspeito e, para ser condenado e preso, não há necessidade de qualquer prova.

A Lava Jato foi criada a partir da CPI da Petrobrás e fez um trabalho profícuo quando prendeu diretores e gerentes da companhia e confiscou bens, claro que só na gestão do PT, na Petrobrás.
Tudo leva a crer que houve uma orquestração para derrubar a presidente e desmoralizar a Petrobrás, pois eram vazamentos diários com factoides envolvendo a presidenta e diminuindo a Empresa, ficando o caminho livre para os gringos levarem nosso ouro negro.

Tanto que, depois da saída de Dilma do governo, a Lava Jato parou seus trabalhos na Petrobrás. Foi nomeado então, pelo golpista Michel Temer, o tucano Pedro lalau Parente que entrega a Petrobrás aos gringos, tudo ao arrepio da lei, pois “vende” sem licitação, para quem quer e pelo preço que ele mesmo determina, bens valiosíssimos, tais como:
- Campos de Carcará do pré-sal;
- Petroquímica;
- Usinas de biocombustíveis;
- Fábricas de Fertilizantes;
- O os dutos mais importantes, lucrativos e estratégicos da companhia, como o do sudeste- NTS (3,4,5).

 Agora Lalau tem inclusive o aval da Conselho de Administração para vender a BR.
Com essa política de entreguismo de Lalau, só vai restar a área de exploração e produção na Petrobrás, pasmem, Lalau ainda contratou para essa área a petroleira considerada a mais corrupta do mundo, a francesa Total (7). Lalau finge esquecer que, nessa área, a Petrobrás já conquistou pela 3ª vez o “Oscar” da indústria do petróleo.

Enquanto isso, agora a Lava Jato se dedica exclusivamente e tentar prender sem provas, ou pelo ao menos tornar inelegível, o ex-presidente Luís Inácio da Silva.
Tudo na Lava Jato busca o estrelismo, aliás, a operação vai virar até filme, a partir de setembro: Operação Lava Jato – Policia Federal: A lei é para todos. Claro: Menos para os tucanos!   

A Lava Jato engana a sociedade dizendo que combate a corrupção, na verdade está fazendo política contra os representantes do povo. O PT é só a bola da vez, se outro partido de esquerda estivesse bem nas pesquisas a Lava Jato também o atacaria e inventaria crimes.

Nesse uso da justiça para fazer política para os donos do capital, a Lava Jato fez campanha para o senador tucano, Aécio Neves, e não foi só o blog dos delegados da Lava Jato que chamou Lula e Dilma de “anta” (8).

Veio também da Lava Jato, nas vésperas da eleição, a notícia vazada com a farsa de que Lula e Dilma sabiam da corrupção na Petrobrás, logo virando matéria de capa da Veja e chamada principal do Jornal Nacional da Globo, mesmo já sendo proibida pelo TSE. O próprio advogado do pseudo-delator desmentiu tudo, mas só depois da eleição. Dilma ganhou a eleição mesmo assim, entretanto a Lava Jato e Globo continuaram em campanha, então para  derrubá-la (9,10) .

É bom lembrar que, na Petrobrás, funcionário de carreira além de fazer concurso público, tem investigação social e ficha suja lá não entra. Pedro lalau Parente não é funcionário de carreira, talvez por isso, mesmo sendo réu por venda criminosa de ativos, desde a época de FHC, tenha sido indicado (6).

Lalau, assumiu o posto máximo na empresa indicado por um golpista Michel Temer e, sem nenhum constrangimento, e com o conluio da Lava Jato, cuja principal função seria  investigar a Petrobrás, continua a fazer a festa dos gringos e a derrocada do Brasil.

Assim como o tribunal nazista de Nuremberg, a Lava Jato irá para o lixo da história; porém; até serem desmascarados, os nazistas fizeram milhões de vítimas. Quantas vítimas ainda irá fazer a Lava Jato?      

                                                                       4 - http://www.vermelho.org.br/noticia/285181-1

Rio de Janeiro, 23 de julho de 2017. 

   Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese,  sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

  OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

      (Esse relato  pode ser reproduzido livremente)

     Meus endereços eletrônicos: 

 

 

 



sábado, 22 de julho de 2017

Dória/PSDB, prefeito de SP, aplica aos moradores de rua: proibição de distribuição de sopa, de cobertor, e usa mangueira de água fria no corpo dos pobres.

por Emanuel Cancella
Todas as religiões, Cristã, Muçulmana, Judia, budista, Umbandista, e os ateus também, etc; Instituições como a Maçonaria, Rotary, Lyons, Roza Cruz, etc, que defendem a fraternidade tem obrigação de se manifestar contra essa violência.

Resultado de imagem para doria é expulso pelos moradores de rua?
  
O PSDB golpista apresenta suas propostas de governo caso o tucano Aécio Neves fosse eleito. Aliás, seu programa já esta sendo executado no governo do golpista Temer que tem apoio integral e irrestrito do PSDB:

No social: Moradores de rua - ficam  proibidos a distribuição de sopas, via Ongs, particulares, etc; decreto manda confiscar cobertor, mangueira de água dirigida ao corpo para expulsar o sem teto do local (11,12,13).

Todas as religiões, Cristã, Muçulmana, Judia, budista, Umbandista, e os ateus também, etc; Instituições como a Maçonaria, Rotary, Lyons, Roza Cruz, etc, que defendem a fraternidade tem obrigação de se manifestar contra essa violência.

Na economia:
Abertura total e irrestrita do mercado aos gringos, a volta da Privataria Tucana:
- A pleno vapor no governo Temer/PSDB o fim da engenharia nacional; e da construção naval, navios e plataformas como no governo de FHC volta a ser construídos no estrangeiro gerando emprego e renda lá fora;

Substituição das construtoras brasileiras consideradas corruptas, pelas estrangeiras, o Globo fez lobby em editorial e colocada em pratica pelo governo Temer/PSDB. Na Petrobrás o tucano Pedro lalau Parente convocou para área de exploração e produção a Total francesa, considerada a mais corrupta entre as empresas de petróleo (9). Lembrando que nessa área a Petrobrás já ganhou por três vezes o premio OTC considerado o “Oscar” da indústria do petróleo(14) .

O governo golpista, Temer/PSDB na Petrobrás, via seu presidente, Pedro lalau Parente, aplica a seguinte receita. É proibido falar em privatização da companhia. Isso por que os tucanos no governo de FHC até tentaram, mas deram com os burros n’água: enfrentaram a maior greve da historia da categoria, de 32 dias, que teve apoio de amplos setores da sociedade como sindicatos, universidades, movimentos sociais cuja palavra de ordem era “Somos todos Petroleiros”. 

Pedro lalau Parente dá continuidade ao programa de FHC na companhia que depois da derrota da privatização dividiu a companhia em “Unidades de Negócios” para vende-la fatiada. FHC só consegui vender 30% da refinaria do sul, Refap.    Um dos primeiros atos do governo Lula, foi recomprar a fração vendida da Refap.

Pedro lalau Parente retoma de forma vigorosa a entrega da Petrobrás, e faz isso com aval da Lava Jato. Entre outros ativos da companhia, já “vendeu” áreas do pre-sal, o campo de Carcará a preço de um refrigerante o barril de petróleo, quando o preço hoje, 22/07/17, é de US$ 50 (1). Vendeu a petroquímica de Suape pelo valor de 5 dias de faturamento (7,8).

Vendeu o duto mais estratégico e lucrativo da companhia o do sudeste – NTS, agora vamos ter que pagar e aguardar os concorrentes na fila para usar esses dutos para distribuição de derivados de petróleo na região mais desenvolvida do país. 

E Pedro lalau Parente que já é réu em ação movida por petroleiros quando ministro de FHC e membro do Conselho de Administração da Petrobrás (10). E Lalau vende tudo sem licitação, ao arrepio da lei, para quem quer e pelo preço que ele mesmo determina, com total omissão da Lava Jato. 

Lula em seu governo retomou o programa do pré-sal, desenvolvendo tecnologia inédita no mundo que permitiu a descoberta do pré-sal.

A Globo que participou junto com FHC, da tentativa frustrada da privatização da Petrobrás, em sua sanha entreguista, lançou em dezembro de 2015 em editorial: “O pré-sal pode ser patrimônio inútil” (2). E Pedro Lalau Parente para não deixar duvidas de seu papel entreguista, em agosto de 2016: ...afirmou que a estatal é vitima do que considera ser um “endeusamento do pré-sal”(3).

Em resposta aos golpistas, lalau, a Globo e ao PSDB: ...”o Brasil graças ao pré-sal se consolida como o 10º maior produtor de petróleo do mundo e o maior da América Latina, ao atingir 2,6 milhões de barris por dia, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), "entre os países que não fazem parte da Opep”...(3).

Pedro lalau Parente em, 09/07/17, através de editorial de o Globo se exalta: O avanço da Petrobras na recuperação (4). Veja o “avanço” da empresa via o golpista Temer e Lalau: ...Gasolina pode ter maior alta em 13 anos com aumento de tributação...(5).

Precisamos unir toda a sociedade, com na década de 40/50 na campanha “O petróleo é nosso!”; civis e militares, comunistas e conservadores, estudantes e as ligas camponesas,  para barrar os golpistas, entreguistas e nazistas!



Rio de Janeiro, 22 de julho de 2017. 

   Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese,  sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

  OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

      (Esse relato  pode ser reproduzido livremente)

     Meus endereços eletrônicos: 






sexta-feira, 21 de julho de 2017

De Jesus Cristo a Luiz Inácio

por Emanuel Cancella

Resultado de imagem para De Jesus Cristo a Luiz Inácio

Desgraçadamente, os algozes de Lula, os que dizem que combatem a corrupção, não respeitam nem crianças com necessidades  especiais. Moro e Dallgnol estão envolvidos no escândalo da APAE. 

Lula está longe de ser um Deus e é perseguido simplesmente porque fez opção pelos pobres. 

Na história da humanidade, todos que lutam pelos mais fracos são perseguidos, independente de condição social ou religião. E os exemplos começam por Jesus Cristo, Getúlio Vargas, João Goulart, Mahatma Gandhi, Martin Luther King Jr, e muitos outros, até heróis anônimos.

Jesus Cristo já pregava a igualdade entre os homens, para ele o que valia era o espírito, defendia os pobres e os doentes. Acabou sendo crucificado!

Não podemos nos esquecer de  Tiradentes, Joaquim José da Silva Xavier, nosso herói da independência, cantado em música, verso e prosa, de que foi sacrificado, traído e não traiu jamais, na luta por nossa independência.

E Brizola, que criou os CIEPS, onde as crianças podiam estudar e fazer refeições e ir para casa banhado, estudado e alimentado. Brizola, governador, exigiu igualdade de tratamento da justiça para com o morador da favela. Por conta dessa sua opção pelos pobres, principalmente as crianças, foi perseguido pela mídia, principalmente a Globo, e seu sonho de governar o Brasil foi barrado por esses impostores de sempre.

 E Lula que não é nenhum Deus, mas passou pelos testes mais rigorosos de que a justiça já impôs a um homem público no Brasil: 
foram mais de três anos de intensa investigação, usando toda a máquina pública possível e dinheiro a rodo para, ao final, o procurador da Lava Jato, Dallagnol, declarar ao vivo, na Globo, para todo o Brasil, que não tinha provas contra Lula.
  
Essa burguesia, golpista e fedorenta, como dizia Cazuza, costuma denominar todo libertário como comunista, que come criancinha etc. A revolução francesa, que é um marco na história da humanidade, levantou a bandeira da liberdade, igualdade e fraternidade, aliás, os Maçons de todo mundo são fiéis a estes valores que eles chamam de landmark.

Precisou de uma revolução sangrenta para incutir na cabeça dos homens e mulheres a importância de Liberté, égalité, fraternité. Uma das principais vítimas da revolução francesa foi a própria rainha Maria Antonieta, que morreu guilhotinada, em 1793. Foi dela a frase dirigida aos pobres famélicos: “Se não tem pão, que comam brioches”. 

No Brasil, há muitas Marias Antonietas. Veja do que é capaz um golpista: 

Um pretenso candidato à presidência da República, João Dória, prefeito de São Paulo, manda jogar água fria no morador de rua, na praça da Sé; proíbe a distribuição de sopa aos famintos e  assina decreto que permite retirar cobertor de morador de rua. (3,4, 5).  

Desgraçadamente, os algozes de Lula, os que dizem que combatem a corrupção, não respeitam nem crianças com necessidades  especiais. Moro e Dallgnol estão envolvidos no escândalo da APAE. 

Dallagnol transformou o Ministério Público em balcão particular de negócios, realizando palestras principalmente para APAE, cujo valor cobrado é de R$ 40 mil.

Moro absolveu a mulher de Eduardo Cunha, a jornalista da Globo,  Claudia Cruz,  com medo de seu advogado, Marlus Arns, sócio de sua esposa, Rosângela Moro, nos escândalos milionários, na APAE no Paraná.  

Como se não bastasse, de forma suspeitíssima, Rosangela Moro trabalha para empresas multinacionais de petróleo, concorrentes diretas da Petrobrás que é investigada pelo marido. Trabalha também para o PSDB. Ambos são os mais interessados na entrega da Petrobrás (1,2). 

Moro engana o povo dizendo que combate a corrupção, mas deixa de fora os piores corruptos do Brasil:

A Lava Jato, que não  investigou e muito menos prendeu os tucanos FHC e Pedro lalau Parente,  saqueadores da Petrobrás, também finge que não vê o senador tucano  Aécio Neves, sete vezes delatado na operação. 

Entretanto Moro já condenou uma pessoa que sabe ser inocente, o ex- presidente Lula, sequestrou seus bens e só falta prendê-lo.  O que ele quer é tirar Lula da eleição de 2018.
O sonho da maioria do povo é, mais uma vez, eleger Lula presidente. Será que Moro vai ter o poder de transformar esse sonho em pesadelo?


Rio de Janeiro, 21 de julho de 2017. 

   Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese,  sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

  OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

      (Esse relato  pode ser reproduzido livremente)

     Meus endereços eletrônicos: 

 

 

 


 

quinta-feira, 20 de julho de 2017

LOCAIS DE VENDA EM TODO O PAÍS - A OUTRA FACE DE SÉRGIO MORO

por Emanuel Cancella

Saiba como comprar o livro A outra face de Sérgio Moro em TODO O PAÍS!


Endereços de venda:


RJ:
- CUT/RJ, Av. Presidente Vargas 502, 15º andar no horário comercial.

- Banca de jornal do “Pedrão” em frente ao Edise.

- Estante do Leitor, Rua do catete 311, RJ

- Livraria Instante do Leitor, Rua do Catete, 311, loja 202, na galeria do cinema São Luiz.

- Livraria Folha Seca,  Rua do Ouvidor, N° 37;


Pelos correios (para quem não mora no RJ!):

- Ligue para a livraria Folha Seca, número (21) 2224-4159 e peça seu livro! Eles entregam pelos Correios em todo o Brasil.   

-

Em tempo: O livro foi totalmente custeado pelo autor e a renda é aplicada exclusivamente em cestas básicas para demitidos do Lava Jato, mais de dois milhões de trabalhadores (1)

Ajudem na divulgação!


 Rio de Janeiro, 21 de março de 2017  

Autor: Emanuel Cancella, - OAB/RJ 75 300 

Emanuel Cancella que é da coordenação do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) e autor do livro “A outra face de Sérgio Moro”

 (Esse artigo pode ser reproduzido livremente)

 OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.