sábado, 23 de março de 2019

Se houvesse justiça no país, o próximo preso seria o ministro da Justiça, Sérgio Moro!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=_ngWLcFijcM

Resultado de imagem para policia federal a lei não é para todos

Moro prendeu Lula sem provas, num claro intuito de favorecer Bolsonaro. Lula, segundo o Ibope, venceria a eleição no primeiro turno (2).


Moro, pessoalmente, também vazou para mídia a delação premiada, rejeitada pelo MPF por falta de provas, do ex-ministro Antonio Palocci a 6 dias da eleição, atacando Lula, Dilma e o PT e assim favorecendo Bolsonaro. Quem disse que a delação fora rejeitada foi o próprio procurador da Lava Jato,  Carlos Fernando Lima (1).   

Depois disso,  Moro, sem nenhum constrangimento, aceitou ser ministro da Justiça de Bolsonaro, provavelmente pelos serviços prestados.   

O MPF diz que o grupo comandado por Temer "assaltava o país há 40 anos" (3). E a Lava Jato não fez nada, por exemplo quando Michel Temer foi um dos articuladores do impeachment contra Dilma.

Temer também governou tranquilamente mesmo sendo denunciado três vezes por corrupção (4). E Dilma foi afastada do governo e não foi denunciada nenhuma vez.  

A Lava Jato, mesmo sabendo que Temer há quatro décadas assaltava o país, permitiu que MiShell Temer  articulasse e sancionasse lei que concedeu, em isenção de impostos, um trilhão de reais a petroleiras estrangeiras. A mais beneficiada a Shell (6).

Lembrando que Lula foi denunciado sem qualquer  prova, só com convicção, pelo procurador Deltan Dallagnol (5). Mesmo assim, Moro aceitou a denúncia e condenou Lula e, em seguida, prendeu Lula por conta de uma reforma milionária no tríplex de Guarujá.

A denúncia da reforma milionária foi fruto de delação premiada de Léo Pinheiro, executivo da OAS, preso pela Lava Jato, que, para diminuir sua pena, declarou que a reforma do tríplex foi a pedido do ex-presidente Lula que, em troca, lhe daria vantagens ilícitas na Petrobrás.

Primeiro nunca mostraram qualquer documento que prove que o tríplex é de Lula e segundo que essa reforma, da qual Leo Pinheiro falou, nunca existiu (9).
Há fotos e vídeos que mostram que ela não existiu. O site R7 chegou a publicar imagens como se houvesse uma  reforma luxuosa, mas quando foi desmascarada a farsa, o R7 tirou as imagens imediatamente (8).    

Como se não bastasse, a Lava Jato, chefiada por Moro, é acusada de destruir a economia nacional em poucos meses, veja o vídeo (7).     

Os golpistas apostam em nossa covardia, por isso Lula está preso e Moro comanda o ministério da Justiça!


Fonte: 1 - https://www.viomundo.com.br/denuncias/procurador-da-lava-jato-a-folha-delacao-premiada-de-palocci-foi-recusada-pelo-mpf-por-falta-de-provas.html  
9 - https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/351698/Lula-foi-condenado-por-reforma-que-nunca-existiu.htm



Rio de Janeiro, 23 de março de 2019.

Em tempo: O meu livro A outra face de Sergio Moro está à venda no Mercado Livre, cuja a renda é integralmente para os demitidos da indústria naval: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1163280532-livro-a-outra-face-de-sergio-moro-_JM?quantity=1.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese.
 Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 






sexta-feira, 22 de março de 2019

Lava Jato foi cúmplice de Michel Temer, agora é algoz!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em:  https://www.youtube.com/watch?v=ic3eRBruIDo

Resultado de imagem para moro aécio e temer


A Lava Jato conspirou para a derrubada da Dilma e a ascensão de Temer. Eram notícias diárias da Lava Jato para midia principalmente a Globo, fazendo insinuações mentirosas contra  Dilma, quando, na verdade, um dos envolvido em crimes, na Petrobrás, era Temer.

O golpista MiShell Temer articulou e aprovou uma lei que isenta as petroleiras estrangeiras em um trilhão de reais em impostos, sendo a mais beneficiada a Shell (1). E a Lava Jato fingiu que não viu!  

O réu Pedro Parente, que deu rombo de R$ 5 BI a Petrobras em 2001, mas mesmo assim foi indicado em 2016 por Temer presidente da Petrobrás (8). A Lava Jato também não via.

 Num claro intuito de proteger Michel Temer, o juiz Sergio Moro, quando chefe da Lava Jato, vetou 21 das 41 perguntas da delação premiada de Eduardo Cunha a Temer. (2,3).

Todas as perguntas de Eduardo Cunha foram no sentido mostrar o envolvimento do golpista Michel Temer na corrupção da Petrobrás.

A prisão de Temer, agora, visa tão somente a levantar a moral da Lava Jato que foi para a lama. O ex-juiz Moro e também ex-chefe da Lava Jato e atual ministro da Justiça de Bolsonaro, cargo alcançado através da prisão de Lula num claro intuito de beneficiar Bolsonaro. Sem esquecer que, segundo o Ibope, Lula ganharia a eleição em primeiro turno (9).

Assim o juiz Sérgio Moro, quando chefe da Lava Jato, não só aceitou denúncia sem provas, só com convicção, contra Lula, como ainda o condenou e depois o prendeu por uma reforma no tríplex de Guarujá que nunca foi feita. Fotos e vídeos provam isso (4,6).    

Mas nem a prisão de Temer pela Lava Jato vai apagar o esculacho que Moro levou de Maia. Foi na véspera da prisão de Temer, em troca de e-mail, quando Moro pressionava o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para votar seu projeto anticrime.

Moro queria que Maia colocasse seu projeto em votação simultânea com a Reforma da Previdência.

Resposta de Rodrigo Maia ao ministro da Justiça Sérgio Moro: Seu projeto anticrime é copia e cola e você não é presidente da República é funcionário do Bolsonaro (7)!     


7 - https://www.revistaforum.com.br/maia-dispara-contra-moro-e-diz-que-seu-projeto-anticrime-e-copia-e-cola/

Rio de Janeiro, 22 de março de 2019.

Em tempo: O meu livro A outra face de Sergio Moro está à venda no Mercado Livre, cuja a renda é integralmente para os demitidos da indústria naval: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1163280532-livro-a-outra-face-de-sergio-moro-_JM?quantity=1.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese.
 Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:

  





quinta-feira, 21 de março de 2019

A Lava Jato prende Moreira Franco, sogro de Rodrigo Maia. Seria retaliação de Moro?


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=iAP5oFuoLi8

Resultado de imagem para Rodrigo Maia  projeto anti crime de Moro “Copia e cola”

A Lava Jato quer parecer que combate à corrupção, mas prendeu Lula, sem nenhuma prova só para afastá-lo da eleição, e prende Temer só agora, deixando-o dar o golpe e governar mesmo com três denúncias de corrupção no STF. Antes tarde do que nunca, porém (1):  

A denúncia de Lula foi ao vivo, na Globo, feita pelo procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, quando ele mesmo disse: “Não tenho provas mas convicção de que Lula é o comandante da corrupção na Petrobrás (2)”. Na verdade, a denúncia de Dallagnol é uma denúncia vazia. 

Mas a prisão de Moreira Franco chamou a atenção, pois o governo de Temer, segundo o dono da JBS, Joesley Batista, é a quadrilha mais perigosa do Brasil, então  por que de ministro só prenderam o Moreira Franco(3)?   

Para sabermos qual governo é mais corrupto, o de Temer ou Bolsonaro, é disputa duríssima, por exemplo, o ministro da Casa Civil de Bolsonaro, Onix Lorenzoni, colega de ministério de Moro, é réu confesso de caixa 2.

E Moro disse nos EUA que caixa 2 é pior que crime de corrupção. Porém foi Moro que também disse em relação a Onix,“Ele já admitiu e pediu desculpas” (5,6).

E Moreira Franco, sogro de Rodrigo Maia, presidente da Câmara, é preso um dia depois de Maia espinafrar o ex-juiz e atual ministro da Justiça de Bolsonaro, Sérgio Moro (12).

O bate-boca se deu em trocas de e-mails, na madrugada de quarta feira, 20. Moro estaria pressionando o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para votar simultaneamente a reforma da Previdência e seu projeto anticrime: em resposta Rodrigo Maia disse  que o projeto do ex-juiz é copia e cola e que Moro não é presidente da República e sim funcionário de Bolsonaro (4).

Além disso, essas prisões acontecem justamente quando a Lava Jato enfrenta seu inferno astral com derrota no STF, que remeteu para justiça eleitoral os crimes de caixa dois (7). E a suspensão, pelo STF e pela PGR, do Fundo bilionário da Lava Jato, com dinheiro da Petrobrás,

Na proposta do procurador da Lava Jato, Deltan Dalagnol, além de receber bilhões, o Fundo ficaria livre de qualquer órgão investigativo e, o pior, com o compromisso de a Petrobrás repassar informação estratégica da Companhia aos EUA (8,9).   

Não tenho provas, mas convicção de que a prisão de Moreira Franco seria uma retaliação a Rodrigo Maia, presidente da Câmara, até porque esse é um dos modos operandi da operação, a qual persegue seus críticos, mas que também premia seus colaboradores.

Por exemplo, o executivo da OAS, Léo Pinheiro, preso pela Lava Jato, para diminuir sua pena em delação premiada, disse que a reforma milionária do tríplex do Guarujá teria sido feita a pedido do ex-presidente Lula que, em troca, lhe daria vantagens ilícitas na Petrobrás. E Lula foi preso por conta dessa reforma fictícia (7).

O site R7 chegou a publicar imagens do tríplex com a suposta reforma milionária. Depois que fotos e vídeos provaram que essa reforma, que resultou na prisão de Lula, é uma farsa, ou seja, nunca houve, o R7 retirou as imagens de sua página eletrônica, mas elas foram recuperadas, veja as imagens da montagem(10).   

Lula continua preso, Bolsonaro ganhou a eleição e o genro de Leo Pinheiro, Pedro Guimarães, como prêmio da Lava Jato e do governo, foi nomeado presidente da Caixa Econômica federal.





Fonte: 1 - Rio de Janeiro, 21 de março de 2019.

Em tempo: O meu livro A outra face de Sergio Moro está à venda no Mercado Livre, cuja a renda é integralmente para os demitidos da indústria naval: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1163280532-livro-a-outra-face-de-sergio-moro-_JM?quantity=1.
 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese.
 Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 





quarta-feira, 20 de março de 2019

Paulo Guedes, o picareta, com aval da Lava Jato quer acabar com nossas aposentadorias e entregar o pré-sal em 4 meses.


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=fop59xms1iw

                       Resultado de imagem para Bolsonaro e Guedes expuseram aos americanos seus complexos de vira latas
Paulo Guedes, além de trambiqueiro, pois deu rombo de R$ 1 BI nos fundos de pensão das estatais dentre eles o da Petros, sofre do complexo de vira-latas (1).

Aliás, Bolsonaro e Guedes expuseram aos americanos seus complexos de vira-latas, ou seja, a falta de autoestima de alguns brasileiros, muito bem mencionada pelo saudoso Nelson Rodrigues.

Isso porque ao invés do nosso carnaval e nossas praias, enalteceram a Disney, e ao invés do nosso Guaraná do Amazonas, fizeram propaganda da Coca-Cola (2).

Aliás, Bolsonaro já havia batido continência para a bandeira americana!

Já Paulo Guedes disse que Pinochet fez do Chile uma Suíça (3). Para quem não sabe, o general Augusto Pinochet foi o ditador mais sanguinário da América Latina.

Foi a época das perseguições torturas e mortes de milhares de ativistas opositores, muitos atirados até de avião no Pacifico, com pedaço de trilhos amarados. Foi também quando ocorreu a reforma da Previdência no Chile.

Paulo Guedes, na ocasião, era um Chicago Boys, grupo de estudantes ultradireitistas formados nos EUA. E lá estava Guedes, nessa década de 80, participando da elaboração e implantação da Previdência do Chile, onde hoje é recordista de suicídios de aposentados na América Latina (4).

E esse é o modelo de Previdência que Guedes quer implantar no Brasil!

Digo que Paulo Guedes tem aval da Lava-Jato porque a Operação prendeu 22 pessoas, como ex-presidente da Petros, políticos do PT, executivos de empreiteira, na Bahia, por suspeita de superfaturamento na obra de construção da sede da Petrobrás, em Salvador, com dinheiro da Petros (5).

Entretanto o valor da obra era de  R$ 1.3 BI e  Paulo Guedes deu rombo de R$ 1 BI nos fundos de pensões das estatais e a Lava Jato finge que não sabe.

O réu Paulo Guedes, com aval da Lava-Jato, vai acabar com as aposentadorias dos brasileiros e ainda entregar para aos gringos o pré-sal, nosso passaporte para o futuro em 4 meses (6).
Cadê o combate à corrupção da Lava-Jato? Só vale para desafeto político?

  
Fonte: 1 - https://www.cartacapital.com.br/politica/mentor-economico-de-bolsonaro-e-investigado-por-fraude-em-fundos-de-pensao/   
6 - https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/55345/daqui-a-tres-quatro-meses-vamos-vender-o-pre-sal-diz-ministro-paulo-guedes


Rio de Janeiro, 20 de março de 2019.


Em tempo: O meu livro A outra face de Sergio Moro está à venda no Mercado Livre, cuja a renda é integralmente para os demitidos da indústria naval: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1163280532-livro-a-outra-face-de-sergio-moro-_JM?quantity=1.
 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese.
 Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 





terça-feira, 19 de março de 2019

Bolsonaro nos EUA é para desviar atenção de seu envolvimento com milícias, Queiroz e Marielle!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=xprWCP1uUq4

Resultado de imagem para CNN Chile acusa Bolsonaro pela morte de Marielle

A ida aos EUA de Bolsonaro foi para tirar o foco de três prováveis denúncias da PGR: de ser miliciano; de estar envolvido no escândalo do Queiroz e o de ser o mandante do assassinato de Marielle.

Bolsonaro, quando pisou na bola no carnaval, correu para os braços dos generais e, em gravação, chegou a declarar que Democracia só existe se as Forças Armadas quiserem (1).

Ali Bolsonaro estava desesperado pois com 'Golden Shower' queria desmoralizar o carnaval, a festa mais popular do Brasil. Com certeza porque, em vários estados, levantou palavras de ordem contra ele, entre elas: “ Bolsonaro VTNC” e “Doutor eu não me engano o Bolsonaro é miliciano” (2,3).

O tiro de Bolsonaro saiu pela culatra!

E agora de vários lugares do mundo, TV’s e personalidades, como a prefeita de Barcelona, apontam Bolsonaro como mandante do crime covarde que deu cabo à vida da vereadora do Psol, Marielle Franco, e de seu motorista, Anderson Gomes.  Prefeita de Barcelona a Jair Bolsonaro: “Marielle vai te tirar do poder” (5). CNN Chile acusa Bolsonaro pela morte de Marielle (5).

A pressa de Bolsonaro é por conta da viabilidade de uma dessas denúncias que se não afastá-lo do governo possa no mínimo torná-lo uma rainha da Inglaterra, que reina, mas não governa. Assim, adeus reforma da Previdência e privatizações.

Por isso em busca de apoio Bolsonaro fez uma série de concessões ao Donald Trump, algumas imorais como isentar os americanos de visto para entrada no Brasil, sem reciprocidade.

Nos EUA, vários estrangeiros, inclusive brasileiros, estão separados dos filhos em busca do visto de permanência (7). Crianças de todo mundo, inclusive do Brasil, foram colocadas em cativeiro, separadas dos pais.

Muitos brasileiros estão trabalhando nos EUA, mas estão irregulares por conta da excessiva burocracia imposta por Trump, que na verdade quer expulsá-los.  

E Bolsonaro dá um prêmio a Trump e um tapa na cara dos brasileiros que estão lá e outros que querem ir morar e trabalhar nos EUA. 

O próprio apoiador de Bolsonaro, o deputado Alexandre Frota, disse que é “persona non grata” de Bolsonaro por defender a prisão do Queiroz e afastamento do senador Flavio Bolsonaro, para se defender (6).

Temer, em dois anos, foi denunciado pelo PGR três vezes, por crime. Já Bolsonaro, em dois meses de governo, pode ser denunciado três vezes.

A chance de Bolsonaro é indicar a PGR Raquel Dodge para um novo mandato, como fez Temer, para torná-la dócil e aliada. O problema é que, segundo bastidores, a vaga de PGR já teria sido prometida a Deltan Dallagnol por ter, junto com Moro, afastado Lula das eleições e assim beneficiado Bolsonaro.

Bolsonaro já tem a Lava Jato como fiel escudeiro, nomeando o ex-juiz Sergio Moro como ministro da Justiça. Aliás, isso responde ao Alexandre Frota por que nada acontece com o Queiroz e o senador Flavio Bolsonaro.

Bolsonaro já pediu arrego aos militares e ao Trump, só resta ao Papa!   

7 - https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/06/49-criancas-brasileiras-estao-separadas-de-pais-nos-eua-mostra-nova-lista.shtml


 Rio de Janeiro, 19 de março de 2019.

Em tempo: O meu livro A outra face de Sergio Moro está à venda no Mercado Livre, cuja a renda é integralmente para os demitidos da indústria naval: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1163280532-livro-a-outra-face-de-sergio-moro-_JM?quantity=1.
 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese.
 Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella