quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Fux Moradia agora assume a função de engavetador do clã Bolsonaro!


por Emanuel Cancella

              Resultado de imagem para fux moradia
O ministro Luiz Fux, o juiz que impediu Lula de ser candidato e até de dar entrevista, manda que o MP do Rio pare a investigação do Fabrício Queiroz (1,2).
 E a pedido de quem? Do deputado Flávio Bolsonaro, chefe de Fabrício Queiroz, principal suspeito no envolvimento das maracutáias do Queiroz.
Nesse caso, justiça seja feita ao MP do Rio, pois tentava fazer seu trabalho:

 “o MP sugere que poderá recorrer à quebra dos sigilos bancários e fiscal dos envolvidos, além de levar o caso à Justiça” (3).

O MP do Rio com certeza agiu assim com indignação diante da atitude do próprio deputado Flávio Bolsonaro, que faltou à convocação do MP. Não só ele, mas também a família Queiroz não atendeu a convocatória da justiça.
E a gota d’água, que indignou a todos nós  e ao MP do Rio, com certeza, foi a dancinha da família Queiroz dentro do hospital Albert Einstein  (4).

Fux alegou, para parar o processo no MP do Rio, que Flavio Bolsonaro em fevereiro terá foro especial. O advogado de Flávio Bolsonaro aproveitou a levantada de bola de Fux e pediu que as provas contra seu cliente fossem consideradas ilegais e que ele seja julgado pelo STF (5).   

Para quem não lembra, o ministro Luis Fux foi quem, em 2015, derrubou a decisão do ex-presidente Lula quanto ao auxílio-moradia. Segundo Lula, o auxílio só fazia jus somente àqueles que não tinham residência própria no município em que labutava. Fux, bonzinho, mandou pagar para todos.

E Fux recentemente foi também pivô da decisão resultante de Temer e o STF. Essa decisão consistia em pagar 16% de reajuste para os magistrados, contando que eles abrissem mão do auxilio moradia. Pasmem! Após o acordo, os magistrados, além dos 16%, ganharam também no CNJ um novo auxílio-moradia.   
Dizem que os Queiroz estão preparando uma nova dancinha, agora no STF, com a participação especial de Flavio Bolsonaro e do juiz Luiz Fux!


2 - https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/380671/Fux-mata-no-peito-e-suspende-investiga%C3%A7%C3%A3o-sobre-Queiroz.htm

Rio de Janeiro, 17 de janeiro de 2019.

Em tempo: O livro “A Outra Face de Sérgio Moro” pode ser adquirido no Mercado Livre: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1163280532-livro-a-outra-face-de-sergio-moro-_JM?quantity=1

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 








quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Na verdade o governo Bolsonaro “Se cobrir é circo se cercar é hospício”.


por Emanuel Cancella

                             Resultado de imagem para bolsonaro o mico

A jornalista Helena de Chagas bateu na veia: “Vamos falar de armas para não ter que falar de emprego, Previdência, etc?” (1)

Com milhões de brasileiros desempregados, Bolsonaro libera as armas.
Qual seria o recado do presidente: “Salve-se Quem Puder!”, “Vá Arrumar um Trabalho de Segurança!”, ou quem sabe um “Mãos ao Alto”?

Não só o desemprego em massa, mas também o agravamento do SUS, com a saída do Mais Médicos.

E vários estados falidos por conta da PEC do Fim do Mundo (ou da Morte), que congelou por 20 anos, saúde, educação, salários, segurança, etc.
Além de desempregado, o brasileiro está sem direito. Bolsonaro votou tanto na PEC da Morte como na reforma trabalhista do Temer (2).

Bolsonaro quer mudar a embaixada brasileira de Israel para Jerusalém, o que representa uma afronta para os árabes, que ameaçam suspender investimentos (3,4) .

Ele está sempre recuando. Bolsonaro recuou da base militar americana da saída do tratado de Paris do clima, depois da ameaça do presidente francês recuou (6). 

Vamos falar da ministra de Bolsonaro, a dos Direitos Humanos, a pastora Damares Alves:. Damares é mãe da farsa do Kit gay, o principal material da campanha de Bolsonaro, quando acusou mentirosamente o candidato do PT, o professor Fernando Haddad, se ser o autor do Kit gay, que teria sido distribuído nas escolas para crianças. 

 Essa mesma ministra de Bolsonaro, mãe do Kit gay, em vídeo, anexo, viu chegar em escolas, para uso das crianças, velas vermelhas, sapo, cálices para fazer sacrifícios (5). Tinha que saber em que escola ela viu isso.

Entre outras atribuições, a ministra responde pela Funai e, não por acaso, os índios estão sendo agredidos, ameaçados e até mortos.

Os artistas como, Ney Matogrosso, Maria Bethânia, Gilberto Gil, Zeca Pagodinho, Zeca Baleiro, Arnaldo Antunes, Nando Reis, Lenine, Elza Soares, Lirinha, Edgard Scandurra, Zélia Duncan, Criolo, Margareth Menezes e Céu, entre outros, se mobilizaram e fizeram música pela “Demarcação Já”  e pela preservação do índio, que nunca estiveram tão ameaçados (10).    

Esta semana, o ministro da Casa Civil de Bolsonaro, Onyx Lorenzoni, saiu em apoio à liberação da venda de armas dizendo que arma em casa oferece o mesmo risco que um liquidificador (11). 

Na verdade, o governo Bolsonaro:  “Se cobrir é circo se cercar é hospício”.




Rio de Janeiro, 16 de janeiro de 2019.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido no Mercado Livre: https://lista.mercadolivre.com.br/a-outra-face-de-sergio-moro-emanuel-cancella#D[A:a%20outra%20face%20de%20sergio%20moro%20emanuel%20cancella,L:undefined]
Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 



terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Só vou acreditar na operação Lava Jato e na Greenfield quando investigarem Paulo Guedes, Silvio Santos e os militares!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=mvZcjJhRUVI




Resultado de imagem para paulo guedes e o rombo de 1 BI nos fundos de pensão

Se passar a reforma da Presidência, aos moldes do Chile, como quer Paulo Guedes, vamos aproveitar o decreto de Bolsonaro  e comprar armas para dar tiro na cabeça.

Seguir o triste e desesperado exemplo do casal chileno, Jorge Olivares Castro (84) e Elsa Ayala Castro (89) que, após 55 anos, decidiram “partir juntos” para “não seguir molestando mais” (2).

Aliás, muitos chilenos aposentados, cerca de 90,9%,  para completar a renda de 149.435 pesos ou R$ 694,08 estão como  camelôs no Brasil, principalmente no Rio (1). 

Chile é 8ª melhor previdência do mundo, mas idosos cometem suicídio, o país andino é o segundo no mundo em número de suicídio (3). É dessa forma que o mercado e os bancos veem a Previdência, como um negocio, que se dane o aposentado.

Pessoas como o presidente Jair Bolsonaro e Paulo Guedes, esses nunca vão dar tiro na cabeça por causa da aposentadoria, como no Chile, de R$ 694, 08.

Bolsonaro já tem uma aposentadoria garantida de R$ 75 mil (4) e Paulo Guedes é representante de banqueiros, Guedes deu rombo nos fundos das estatais de R$ 1 BI. Você acha que uma pessoa desse naipe vai depender da Previdência (5)?

E os banqueiros, representados por Bolsonaro e Paulo Guedes, são gulosos. Além da capitalização na reforma da Previdência que tira dinheiro dos aposentados e dá para os banqueiros privados, eles estão de olho no mercado e no patrimônio dos fundos de pensão das estatais, R$ 460 bilhões (11).

A tendência do teto da Previdência é ficar cada vez menor então o trabalhador de classe média cada vez mais vai buscar a previdência complementar.

Além disso, o governo Temer e de Bolsonaro tratam de desmoralizar os fundos de pensões das estatais e os bancos estatais como o banco do Brasil, Caixa e BNDES, assim deixando o mercado na mão dos bancos privados como o Bradesco, Itaú ou Santander da vida.    

Para desmoralizar os fundos de pensões das estatais, e favorecer os bancos privados, entrou em cena, como sempre, a Lava Jato, e a operação Greenfield. E com a ladainha do combate à corrupção faz uma devassa nos fundos das estatais.

O sentimento da sociedade é de que todos devam ser investigados, com rigor principalmente pessoas com Paulo Guedes. Enquanto isso,  na Petrobrás, pelo rombo impetrado por Paulo Guedes e outros gestores, quem está pagando a conta são os trabalhadores, pois vamos pagar 13% do salário e por 18 anos. E a Petrobrás não descarta outros rombos financeiros e novos descontos, até a inviabilidade dos planos de Previdência, ou seja, segundo a direção da Petrobrás poderemos ter mais pagamentos de rombo do que a receber.

E os funcionários das estatais pagam a Previdência como qualquer trabalhador e mais o fundo de pensão.     

Vale lembrar que os fundos de pensão das estatais, além de impulsionar a economia com seus investimentos, pagam aposentadorias e pensões regiamente, nunca atrasaram pagamento de salários.

No Brasil, o empresário Silvio Santos deu o cano nos trabalhadores no seu Aposentec, pois não pagou aposentadorias e nem devolveu o dinheiro aos mantenedores. E na maior cara de pau há um vídeo na TV do Silvio: “Você sabia que se não for feita a reforma da Previdência, você pode deixar de receber o seu salário?” (8)

Os militares através da Capemi, Geboex e Montepio da família militar também  deram o cano nos associados.

Não houve qualquer investigação no Silvio Santos e muito menos nos militares para defender os interesses dos brasileiros lesados (9,10).       



Rio de Janeiro, 15 de janeiro de 2019.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido no Mercado Livre: https://lista.mercadolivre.com.br/a-outra-face-de-sergio-moro-emanuel-cancella#D[A:a%20outra%20face%20de%20sergio%20moro%20emanuel%20cancella,L:undefined]
Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 




segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

O picareta Paulo Guedes levou os aposentados chilenos e os da Petrobrás ao suicídio e agora quer levar os da Previdência!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=HVP6lvKIyZA

            Resultado de imagem para Chile tem suicídio recorde entre idosos com mais de 80 anos;

Na década de 80, foi a convite Jorge Selume Zaror, ex-diretor de Orçamento do regime de Pinochet, que Guedes aterrissou nesse centro de estudos para trabalhar como pesquisador e acadêmico (1).

A privatização da previdência Chilena assim foi apresentada como modelo ao mundo, principalmente querendo convencer que iria acabar com o déficit.

Quarenta  anos depois veja o resultado:
- Em 2018, sem previdência pública, Chile tem suicídio recorde entre idosos com mais de 80 anos;
- a “mais alta taxa de suicídios da América Latina”. Entre tantos casos, ganhou notoriedade recentemente o do casal Jorge Olivares Castro (84) e Elsa Ayala Castro (89) que, após 55 anos, decidiu “partir juntos” para “não seguir molestando mais” (2).

- No Chile: “90,9% recebem menos de 149.435 pesos (cerca de R$ 694,08). Os dados foram divulgados em 2015, pela Fundação Sol, organização independente chilena que analisa economia e trabalho, e fez os cálculos com base em informações da Superintendência de Pensões do governo” (3).

Na Petrobrás um desconto de 13%, por 18 anos, para cobrir rombo no fundo de pensão de 27 BI, está levando vários petroleiros a falência e ao suicídio. E a tendência é de piorar a situação, já que a Empresa anuncia que novos rombos podem gerar novos descontos.

Paulo Guedes, o atual ministro da Economia, quer implementar no Brasil a Reforma da Previdência, aos moldes do Chile.

É botar a raposa para vigiar o galinheiro! Pasmem! Apesar de os petroleiros estarem pagando pelo rombo na Petros, hoje sabemos que esse mesmo Paulo Guedes deu rombo de um bilhão de reais nos fundos de pensão das estatais, entre eles o da Petros (4). Os petroleiros ativos e aposentados estão pagando por rombo dos gestores e de Paulo Guedes que nada pagam.

Nem decisão judicial está sendo respeitada pela Petros. O Sindicato dos Petroleiros do Rio (Sindipetro-RJ) ganhou liminar que suspende o desconto extra de petroleiros aposentados e ativos, entretanto a Petros não quer cumprir a decisão judicial. A juíza do processo deu 10 dias para a Petros cumprir a liminar.

Outra coisa: os militares já disseram que não aceitam a inclusão deles na reforma proposta por Guedes (5). Por que será?

5 - https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2017/02/01/internas_economia,569994/em-documento-interno-militares-rejeitam-inclusao-na-reforma-da-previd.shtml


Rio de Janeiro, 14 de janeiro de 2019.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido no Mercado Livre: https://lista.mercadolivre.com.br/a-outra-face-de-sergio-moro#D[A:a%20outra%20face%20de%20sergio%20moro]
Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 



domingo, 13 de janeiro de 2019

Bolsonaro critica o PT por amizade com Battisti e esquece sua promiscuidade com Michel Temer!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=HIXZh7qiGWY




                                      Resultado de imagem para bolsonaro e queiroz na pesca

Disse, no twitter, Bolsonaro: "Finalmente a justiça será feita ao assassino italiano e companheiro de ideais de um dos governos mais corruptos que já existiram no mundo (PT) (2)."

Cesare Battisti não foi só amigo de Lula, foi favorecido pela lei de François Mitterrand, o grande estadista francês, Mitterrand excluiu desta proteção “o terrorismo sanguinário". Assim, como no Brasil, Battisti viveu vários anos livre na França (1).

Lula presidente decidiu que Cesare ficasse no Brasil e livre e o STF confirmou, nada foi feito ao arrepio da lei:

“O governo italiano pediu a extradição de Battisti, aceita pelo STF. Contudo, no último dia de seu mandato, em dezembro de 2010, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu que Battisti deveria ficar no Brasil, e o ato foi confirmado pelo STF” (2). 

Agora também caberá ao STF reformular ou não sua decisão e confirmar sua prisão e extradição para a Itália. Veja os cinco razões para defender Battisti (13).

É verdade, Lula é amigo de Battisti, e Bolsonaro é amigo de Michel Temer.
O então deputado Bolsonaro votou nas principais propostas de Temer como a reforma trabalhista e a PEC do Fim do Mundo, a que congela investimentos por 20 anos em saúde, educação, salario, segurança pública, etc (5).

Temer, de forma inédita, foi três vezes denunciado por corrupção e Bolsonaro não pediu a prisão dele, muito pelo contrário, cogita nomeá-lo embaixador do Brasil na Itália (3,4)!

Bolsonaro é amigo de Fabricio Queiroz de pescaria, aliás, proibida pelo Ibama, pois chegou a levar multa (6). E Queiroz é assessor de seu filho, o então deputado Flavio Bolsonaro.

Queiroz foi denunciado pelo Coaf fazendo 172 movimentações em sua conta, num total de R$ 1,2 milhões em um ano, e, uma dessas movimentações foi um depósito de R$ 24 mil na conta de Michelle Bolsonaro.

Em total desrespeito com a justiça, Queiroz, sua mulher e filha, e agora o próprio deputado Flávio Bolsonaro faltam à convocatória do Ministério Público. E o pior, debochando dos brasileiros, Queiroz e a família  aparecem num vídeo dançando (7 a 10).    

E agora Bolsonaro admite que seu amigo de pesca, o Queiroz, faz rolo (11)!  

Até seu vice, o general Mourão, quer a investigação do Queiroz: “Bolsonaro está irritado com Mourão, que quer investigação do laranja Queiroz (12)”

Quem é amigo de Temer e do Queiroz não pode falar mal da amizade dos outros!

13 - https://www.revistaforum.com.br/cinco-razoes-para-defender-battisti/


Rio de Janeiro, 13 de janeiro de 2019.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido no Mercado Livre: https://lista.mercadolivre.com.br/a-outra-face-de-sergio-moro-emanuel-cancella#D[A:a%20outra%20face%20de%20sergio%20moro%20emanuel%20cancella,L:undefined]
Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella