domingo, 21 de outubro de 2018

Bolsonaro, o mito que micou!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=x5JOp5RXKy4

Verdades e mentiras sobre Bolsonaro com fontes incontestáveis!

                                          
Não é Fake News, Brasil livre da corrupção uniu Bolsonaro e Eduardo Cunha (9,10)

Muitos brasileiros votaram no Bolsonaro, no primeiro turno, porque acreditaram nos milhões de   whatsapps criminosos que, entre outras leviandades, diziam que Fernando Haddad introduziu o kit gay na educação das nossas crianças e que Haddad iria legalizar a pedofilia através de lei (5).

Eu, por exemplo, jamais votaria num candidato que fizesse isso com nossas crianças, mas tudo isso não passou de uma grande mentira, sem nenhum fundamento. Você foi enganado!

Inclusive a Justiça Eleitoral e a Polícia Federal estão investigando essas mensagens falsas (17).

A direção do Watssapp, suspendeu, por vários dias, o envio de mensagem do filho de Bolsonaro e também cancelou serviços de empresas que fizeram envio criminoso de whatsapp, caracterizando a proibida caixa dois de campanha (3,4).

Assim como Santos Dumont inventou o avião, Albert Einstein desenvolveu o uso da energia atômica, ambos para fins pacíficos (6,7).    Infelizmente o homem transformou o avião e a energia atômica em poderosas armas de guerra.

Com o Whatsapp não foi diferente, a comunicação instantânea da humanidade transformada em instrumento de calúnia, injúria e difamação.

Aliás, essa mesma artimanha usada por Bolsonaro no Brasil foi utilizada por Donald Trump,  nos EUA, que se elegeu! Creio que as autoridades têm que divulgar amplamente que as pessoas que utilizam e repassam mensagens do whatsapp, com fins criminosos, estão sujeitas às penalidades legais previstas em nosso código penal.  

O Whatsapp foi lançado no Brasil em 2009. Estava assim criada a comunicação instantânea, com acesso de todos, com um simples celular e um toque no aparelho (16). Caramba! Caiu a ficha! O whatsapp acabou com o telegrama!

Mas voltando ao watssapp, que é apenas uma criança com 9 anos de idade e tem que ser educada, temos que trazer para as redes sociais o princípio nosso de cada dia que, diante de uma informação, nos interessa quem está falando e a fonte da notícia.

Ninguém acredita num amigo fofoqueiro contumaz, assim como, muita gente mesmo vendo a Globo desconfia de suas notícias.  Como diz o ditado: “Quem faz a Fama Deita na Cama”. No whatsapp não pode ser diferente, temos que saber quem está falando e qual é a fonte, caso contrário podemos estar diante de um Fake News.

Mas voltando a Bolsonaro, ele diz, em seus programas políticos, que é um político honesto.
Você sabia que Bolsonaro está envolvido na lista de Furnas junto com Aécio Neves, José Serra e Roberto Jeferson como recebedor de propina? (8).  

Bolsonaro também recebeu R$ 300 mil da JBS e disse:

“O meu partido recebeu qual partido não recebe?  Disse que tudo bem, mas que colocasse R$ 200 mil na minha conta e R$ 100 mil na do meu filho. Quando vi o nome da Friboi, perguntei se queriam estornar"

Apesar de admitir a ilegalidade cometida pelo PP, Jair Bolsonaro pediu que não fosse “rotulado de corrupto”. Palavras de Bolsonaro: “O meu partido recebeu propina como todo partido recebe”. Veja o vídeo de Bolsonaro admitindo a propina (11).

Além disso,  Bolsonaro empregou ex-mulher e parentes dela no Legislativo (12).
Bolsonaro emprega servidora fantasma que vende açaí em Angra (13).
Em quase 30 anos de Congresso, o desempenho de Bolsonaro é pífio, só aprovou uma emenda. (14,15).  

Você ainda acha que, com Bolsonaro, o Brasil vai ficar livre da corrupção?

3 - https://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,filho-de-bolsonaro-e-banido-pelo-whatsapp,70002554425  

Rio de Janeiro, 21 de outubro de 2018.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 




sábado, 20 de outubro de 2018

Ainda há tempo: Ele Não! Vamos usar contra eles as armas mais poderosas da democracia: o diálogo e o voto!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=bH7_Jzq5QuY

                                                 Resultado de imagem para Empresários investiram milhões de reais nessa ilegal caixa dois de campanha

Escrevo este artigo um pouco movido pela fábula do Beija-flor e a Águia: Diante de um incêndio na Floresta, o Beija Flor pegava água no lago, com seu bico, e jogava sobre as matas em chama. A águia, assistindo à luta do pequeno pássaro, perguntou: “você espera apagar o incêndio na floresta com essas gotas de água?” E o beija-flor respondeu: “Estou fazendo minha parte!”    

Pois eu também penso estar fazendo minha parte diante de um candidato que representa um retrocesso em conquistas históricas de nossa sociedade, como a liberdade, a democracia, tão duramente conquistada, e o direito das minorias como o das mulheres, negros, homossexuais e índios. Veja o que Bolsonaro fala sobre as minorias em (3).

Você, como eu, tomou conhecimento que a arrancada final de Bolsonaro no primeiro turno foi alavancada por uma enxurrada de whatsapp com conteúdos falsos ou fake news (4).
Empresários investiram milhões de reais nessa ilegal caixa dois de campanha, e  eles esperavam ganhar a eleição no primeiro turno, segundo palavras deles,  para não gastar mais dinheiro. Como se a eleição fosse um negócio: veja o diálogo dos empresários (2).

Graças a Deus não ganharam e a prática ilegal e imoral foi denunciada. Conhecendo a justiça brasileira, sabemos que ela não vai fazer nada e essa prática vai continuar até mais intensa na reta final do segundo turno.

Mas você pode mudar o final dessa história com seu voto. Principalmente você que não foi votar, que votou em branco ou nulo, ou mesmo deu o voto anti-PT.
Não temos o direito de questionar o seu voto, você tem lá suas razões. Mas faço um apelo, em nome do nosso país onde vivemos, criamos nosso filhos, e dessa pátria querida que amamos!

Eu mesmo não conhecia o teor desses whatsapp, mas o jornal espanhol El País publicou os cinco principais fak News da campanha de Bolsonaro (1):  

- O “kit gay” para crianças de 6 anos que foi distribuído nas escolas. O Kit gay cuja autoria seria de Fernando Haddad nem sequer existe. E foi usado o tempo todo contra Haddad, só agora o TSE proibiu sua veiculação.

- O homem que apunhalou Bolsonaro seria filiado ao PT e aparece numa foto com Lula. Na verdade, nenhuma pessoa com esse nome aparece no registro oficial de filiados do Tribunal Superior Eleitoral, trata-se de montagem a foto de Lula junto com o agressor.

- A senhora agredida por ser eleitora de Bolsonaro (que na verdade é Beatriz Segall).  Na verdade, trata-se de uma imagem de 2013, da falecida atriz Beatriz Segall, depois de sofrer uma queda na rua. 

- Haddad defende o incesto e o comunismo em um de seus livros. O entorno do ultradireitista repercutiu a postagem, em que o ideólogo de extrema direita Olavo de Carvalho acusa Haddad de promover o incesto, em seu livro Em Defesa do Socialismo. O post já foi retirado, mas a informação falsa continuou circulando nas redes.

- Se Haddad chegar ao poder, pretende legalizar a pedofilia. Embora se trate de um assunto muito polêmico, em nenhum momento menciona-se a legalização da pedofilia, da mesma maneira como Fernando Haddad tampouco esteve vinculado à sua tramitação, já que nunca ocupou um cargo no legislativo.

As eleições, o voto e o debate entre os candidatos é uma conquista da sociedade. Ao final da ditadura militar, os brasileiros foram às ruas para garantir As Diretas Já! O debate entre os candidatos, do qual Bolsonaro foge, é uma forma de conhecer melhor os candidatos e suas propostas.
Bolsonaro acredita que, com os fake news, via whatssapp, ele pode ganhar as eleições no segundo turno.

Os bolsomitos já estão usando a violência para impor seu programa, já até mataram com 12 facadas o mestre de capoeira Moa do Katende, Nós vamos usar contra eles a arma mais poderosa da democracia: o dialogo e o voto (5)!

5 - https://extra.globo.com/casos-de-policia/mestre-de-capoeira-morto-com-12-facadas-apos-dizer-que-votou-no-pt-em-salvador-23139302.html

Rio de Janeiro, 20 de outubro de 2018.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 





sexta-feira, 19 de outubro de 2018

O campeão inconteste de Fake News é o juiz Sérgio Moro!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=AmGCon18KQA

                                          Resultado de imagem para Mas o campeão inconteste de fake News é o juiz Sérgio Moro!

Moro fez mais que os empresários com os milhões de whatsapps ilegais, de caixa dois, antipetistas (5).

Moro prendeu Lula sem provas, num claro intuito de impedir sua candidatura, que, segundo a unanimidade dos institutos de pesquisas, era vitoriosa (6). O Ibope já apontava a vitória de Lula em primeiro turno (7). Sempre foi assim contra o PT. 

Saiu também da Lava Jato, chefiada por Moro às vésperas da reeleição de Dilma, a farsa de que Lula e Dilma saberiam da corrupção na Petrobrás. O TSE chegou a proibir a divulgação da Fake News, mas a Veja publicou em matéria de capa e o jornal Nacional da Globo ainda replicou (8).

Veja o que disse o advogado do pseudo-delator:
  “Conversei com todos de minha equipe e nenhum fala isso. Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo. É preciso ter cuidado porque está havendo muita especulação. Antônio Figueiredo Basto. Advogado do delator Alberto Youssef” (1).  
 Mesmo perdendo milhões de votos Dilma se reelegeu.

E agora, na eleição de 2018, Moro vazou, de forma criminosa, a delação premiada de Antonio Palocci , cuja divulgação havia sido proibida pelo MPF por falta de provas.

“Em entrevista concedida à Folha de S. Paulo no final de julho, o procurador Carlos Fernando Lima, da Lava Jato, explica em detalhes que a delação de Palocci, na opinião do Ministério Público, não é válida, por falta de provas” (3).

Ou seja, Moro reincidiu, agora com Palocci, no vazamento criminoso de delação premiada às vésperas de eleição. Não precisa dizer que a delação proibida pelo MPF de Palocci envolve diretamente Lula, Dilma e o PT(4).

Desta vez, Moro conseguiu derrotar Dilma que era líder disparadamente em todas as pesquisas de intenção de voto para uma cadeira ao Senado, por Minas Gerais. E derrotou Eduardo Suplicy, que também liderava a cadeira do Senado por São Paulo. 

O vazamento criminoso da delação de Palocci, pelo juiz Sergio Moro, deve ter resultado em muito mais votos  antipetistas do que os empresários que, através de caixa dois, contrataram watssapp  ilegalmente.

Justiça seja feita: o campeão inconteste de Fake News é o juiz Sérgio Moro!


8 - https://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,tse-proibe-veja-de-fazer-propaganda-de-capa-com-dilma-e-lula,1582467

Rio de Janeiro, 19 de outubro de 2018.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 




quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Bolsonaro, expulso e preso pelo Exército, deputado corrupto e agora fraudando a eleição para presidente!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=Dz43VyjI7_s

                                         
Dossiê Bolsonaro Corrupção - Bolsonaro Corrupto Provas dos Crimes - Tudo o que você precisa Saber sobre o Candidato a Presidente de 2018 - Presidente "Mito" (14)

Não é só o PT e o PDT que estão pedindo a anulação da eleição. Mauro Paulino, diretor do Data Folha: “Salto de Bolsonaro nas pesquisas indica fraude” (1,10,11).

“Ele explica que a onda na reta final do primeiro turno foi patrocinada por práticas ilegais de uso massivo do WhatsApp com caixa dois digital patrocinado ilegalmente por empresas”.

Com relação ao capitão Bolsonaro, quem vive ou viveu em comunidade sabe da importância que as famílias dão ao serviço militar. Primeiro pelo orgulho do filho vestindo uma farda, depois tem o soldo ou salário que o soldado recebe, que, muitas vezes, ajuda no orçamento familiar.

Ser expulso das forças armadas é um desastre que marca a vida do jovem, tanto que ele não pode fazer concurso público onde se exige que o candidato seja reservista de primeira categoria. Exageros à parte da legislação militar, mas no caso do capitão Bolsonaro, ele foi até proibido de entrar nos quarteis.

“Chefe do Estado Maior das Forças Armadas, general Jonas de Morais Correia Neto, o chama de “embusteiro, intrigante e covarde”, acusando-o de “inventar e deturpar visando aos interesses pessoais e da política”, como mostra reportagem abaixo, de 16 de abril de 1991”.  
E mais:
“Ao invés de fazer croqui de bombas, escreva quantas vezes você foi ao Paraguai trazer muamba. Conte sobre os seus problemas no Mato Grosso. Verifique qual é o seu conceito na Brigada Paraquedista (2,3).”

Quanto à carreira parlamentar de Bolsonaro:
A sociedade precisa saber que Bolsonaro é corrupto, envolvido na lista de Furnas junto com Aécio Neves, Roberto Jeferson, José Serra, entre outros recebedores de propina (4).

Bolsonaro também recebeu R$ 200 mil da JBS e disse: “O partido recebeu propina sim, mas qual partido não recebe propina (5)?”

Bolsonaro empregou ex-mulher e parentes dela no Legislativo (6).

Bolsonaro emprega servidora fantasma que vende açaí em Angra (7).

Em quase 30 anos de Congresso, o desempenho de Bolsonaro é pífio (8,9).   

Bolsonaro não vai a debate, para quê? Ele coloca os robôs financiados ilegalmente pelas empresa postando milhões de mensagens instantâneas, autênticos  fake News, como o do Kit gay e da Ferrari amarela de Fernando Haddad (12,13). Não dá para o ser humano competir com os robôs e a mentira acaba virando verdade.

E Bolsonaro diz que é o candidato honesto que vai combater a corrupção!    


14 - https://www.xn--seteantigoshept-1jb.com/2018/04/dossie-bolsonaro-tudo-o-que-voce.html


Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2018.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 



quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Bolsonaro, por terrorismo, contrabando e ameaça de morte, foi expulso do Exército!


por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=DSEMRk25G_o

Resultado de imagem para quero debate?

Bolsonaro o terrorista criminoso, que ia explodir o Guandu e quarteis, mas é frouxo e tem medo de debate!

Vale registrar que o comando militar sempre rejeitou a ideia de qualquer atentado, seja ele do Rio Centro, do Guandu e dos quarteis.

E de fato as forças armadas foram rigorosas com Bolsonaro, tanto que o prenderam e o expulsaram do Exército (3).  

A bomba do Riocentro, em 1981, ia ser explodida pelos militares insatisfeitos com a cúpula das forças armadas que patrocinavam a abertura democrática. A tragédia aconteceu num local lotado onde os trabalhadores comemoravam o 1º de maio, dia do Trabalhador (1).

A Bomba do Rio Centro acabou por imperícia, “graças a Deus” explodindo no colo de um militar que morreu e outro ficou ferido e, com certeza, muitas vidas inocentes foram poupadas. Gostaríamos que a bomba não explodisse, muito menos no colo de alguém.

As bombas do Bolsonaro iam explodir na adutora do Guandu e em quarteis militares. Graças a Deus Bolsonaro antes foi preso expulso do exército e assim as bombas não explodiram (4).  

Bolsonaro ainda ameaçou de morte a jornalista a Cássia Maria Rodrigues, da Veja, que divulgou a entrevista na qual Bolsonaro apresentou seu sanguinário plano (2).

Se o Guandu explodisse quais seriam as consequências? E as bombas nos quarteis?
Bolsonaro alega que as bombas eram para reivindicar aumento de salário,
  mas não ia poupar nem os colegas de fardas nos quarteis.
Bolsonaro nunca gozou de bom conceito na caserna:

“Em uma outra carta revelada pela imprensa em maio de 91, o então chefe do Estado Maior das Forças Armadas, general Jonas de Morais Correia Neto, o chama de “embusteiro, intrigante e covarde”, acusando-o de “inventar e deturpar visando aos interesses pessoais e da política”, como mostra reportagem abaixo, de 16 de abril de 1991”.  
“Ao invés de fazer croqui de bombas, escreva quantas vezes você foi ao Paraguai trazer muamba. Conte sobre os seus problemas no Mato Grosso. Verifique qual é o seu conceito na Brigada Paraquedista.”
Diz a missiva, em parte referindo-se ao episódio narrado pelo próprio Bolsonaro à Veja, de que preparava atentados à bomba para promover sua campanha por aumentos de salários”. (2,3)

Creio que o debate eleitoral é a grande oportunidade de Bolsonaro provar para os brasileiros que, mesmo sendo terrorista, ameaçando reiteradas vezes as pessoas de morte, ele merece ser presidente da República!




Rio de Janeiro, 17 de outubro de 2018.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella